Mulheres reagem a assalto, lutam com bandidos e ficam feridas

O caso aconteceu na manhã desta sexta-feira (31), na Rua Forquilha, na região sul da cidade

| VIVIANE OLIVEIRA E CLAYTON NEVES / CAMPO GRANDE NEWS


Rua Forquilha, na Vila Santo Eugênio, onde o crime aconteceu na manhã desta sexta-feira (Foto: Kisie Aionã)

Duas mulheres, que não foram identificadas, ficaram feridas após lutar com bandidos, armados com faca e uma arma falsa, quando saíam para trabalhar.

 O episódio aconteceu na manhã desta sexta-feira (31), na Rua Forquilha, na Vila Santo Eugênio, em Campo Grande. As vítimas foram socorridas e levadas à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) universitário.

Conforme professor de educação física de 29 anos, vizinho das mulheres, por volta das 6h30, escutou gritos e foi para a beirada do muro saber o que estava acontecendo. Eram dois homens, aparentando idades entre 18 e 29 anos, em uma moto Shineray prata, assaltando as vizinhas. “Eu ainda gritei larga as meninas', disse.

O rapaz, armado com faca, se afastou para procurar quem havia gritado. Enquanto isso o comparsa foi em direção a moto Honda Bros, de uma das vítimas, quando as mulheres reagiram e entraram em luta com o ladrão.

“Joguei pedaço de ferro e tijolo nos dois para acabar com as agressões contra as meninas', relatou. Mesmo assim, um dos bandidos ainda conseguiu fugir levando a moto da moradora deixando para trás chinelo e a arma falsa. Os objetos foram apreendidos pelos bombeiros e entregues a polícia.

As vítimas foram socorridas pelo vizinho e Corpo de Bombeiros para a unidade de saúde. A Polícia Militar também foi acionada para atender ocorrência e durantes buscas aos bandidos encontrou a moto da vítima abandonada na Rua Líbero Badaró, no Universitário.

Os ladrões ainda não foram localizados. Segundo o professor, o bairro é tranquilo, mas ultimamente têm ocorrido  roubos e furtos na região.