Aleksandro tinha fazenda em MS e transbordava amor pelo Pantanal, veja fotos

Por Por Renata Barros, g1 MS em 09/05/2022 às 12:32:56

Aleksandro era conhecido por chapéu inseparável. Foto: Reprodução/RedesSociais

O cantor sul-mato-grossense Aleksandro, que morreu em um grave acidente de ônibus, na manhã de sábado (7), na rodovia Régis Bittencout, no estado de São Paulo, mantinha uma fazenda no estado natal e compartilhava nas redes sociais registros no Pantanal e em contato com a natureza e animais.

Nascido em Dourados (MS), o artista era amante do Pantanal e compartilhava declarações sobre a maior planície alagável do mundo. "Se tivessemos brasileiros com a sinceridade, humildade e sensibilidade do homem pantaneiro viveriamos e teriamos um Brasil muito melhor", escreveu o cantor em uma publicação na rede social.

Menos de dois meses antes de morrer, o cantor compartilhou uma foto com a família em meio ao gado e com um cavalo. "Um dia de paz e descanso mais que merecido", escreveu na legenda.


Pouco antes de morrer, artista esteve em fazenda. — Foto: Reprodução/RedesSociais


Sempre que podia, Aleksandro vinha a Mato Grosso do Sul passar um tempo com a família na fazenda que mantinha.


O artista tinha propriedade rural em MS. — Foto: Reprodução/RedesSociais


Devoto às tradições pantaneiras, o artista costumava fazer churrasco à moda pantaneira, com a carne sendo assada em um buraco no chão, suspensa por galhos de bambu.



Aleksandro com amigo fotógrafo, no Pantanal. — Foto: Reprodução/RedesSociais

No dia do fotógrafo, o cantor compartilhou um registro ao lado de um profissional amigo, no Pantanal. "Feliz dia do fotógrafo para o meu preferido, no meu lugar favorito", declarou-se.


Além de desfrutar de momentos no bioma pantaneiro, Aleksandro também era apaixonado por cavalos e atividades envolvidas, como a montaria e o laço.


A pescaria também estava presente nos momentos em que o artista estava fora dos palcos.


Aleksandro durante momento de pesca. — Foto: Reprodução/RedesSociais


Peão moderno, o cantor mantinha a bota no pé e o celular na mão.


Morador de Londrina, o cantor será velado no estado paranaense. Em MS, estado natal, fica a saudade dos fãs do artista.


Artista não escondia o amor pela terra. — Foto: Reprodução/RedesSociais



Comunicar erro