Edinho Cassuci é eleito prefeito de Angélica neste domingo (15)

Por José Almir Portela, Redação Nova News em 16/05/2022 às 11:37:14

Imagem: WhatsApp / Nova News

Com mais 100% das urnas apuradas, o engenheiro agrônomo Edinho Cassuci (PDT), venceu a eleição suplementar que aconteceu neste domingo (15) no município de Angélica. Ele, que teve como vice em sua chapa o contador Paulo Conconi, cumprirá o restante do mandato atual, que segue até 2024.

Cassuci contou como o principal cabo eleitoral seu tio, o ex-prefeito do município João Donizeti Cassuci, que venceu o pleito em novembro de 2020, no entanto, devido a lei da ficha limpa, foi impossibilitado de assumir o cargo.

Até então, Angélica vinha sendo administrada desde janeiro de 2021 pelo prefeito interino Aparecido Geraldo Rodrigues, o Boquinha (PSDB), que buscou à reeleição e foi derrotado.

Outros dois candidatos também concorreram o cargo de prefeito nesta eleição suplementar, sendo eles o ex-prefeito Roberto Cavalcanti (União B) e Francisco Soares, o Chico Bragança (MDB).

Edinho Cassuci obteve 2.470 votos (42,01%), já Boquinha foi a opção de 1.819 eleitores (30,94%), Roberto Cavalcanti conquistou 1.454 votos (24,73%) e Chico Bragança ficou na última colocação, com 136 votos (2,31%).

Para a eleição, foram usadas 28 urnas de votação e 10 de contingência. Cerca de 300 pessoas entre servidores, colaboradores, auxiliares, mesários e policiais civis e militares estiveram envolvidas na realização do pleito, além do juiz e do representante do Ministério Público Eleitoral.

Durante o período de votação, foram disponibilizadas máscaras de proteção, as quais tiveram uso facultativo pelos eleitores.

Comunicar erro