Bombeiros continuam buscas a irmão de vereador que desapareceu após explosão em tanque de álcool em MS

Vereador também acompanha trabalho dos bombeiros, que reiniciaram nesta manhã

| MIDIAMAX


(Foto: Corpo de Bombeiros)

Cerca de 10 militares do Corpo de Bombeiros de Maracaju continuam com as buscas a Luiz Chagas Lima, de 42 anos, trabalhador que desapareceu após explosão em um tanque de etanol na usina etanol da usina Passa Tempo, em Rio Brilhante, a 158 quilômetros de Campo Grande. Luiz é irmão do vereador Adailton Lima, que acompanha as buscas de perto.

De acordo com a assessoria do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul, o fogo na usina, que começou por volta das 6 horas, foi extinto ao meio dia desta terça-feira (17). Depois, os militares se concentraram em estratégias para localizar Luiz, com dificuldade, por causa do calor dos metais nos escombros.

“Foi feito o resfriamento a tarde e precisaram fazer o corte da tampa do tanque, que tem 22 toneladas. Para isso, os militares começaram com um maçarico e precisaram também de dois guindastes, pois acreditavam que o corpo estaria embaixo da estrutura', explicou o tenente coronel Fernando Carminatti.

No entanto, o corpo não estava embaixo das estruturas. Agora, de acordo com os bombeiros, é feita uma drenagem do tanque. “Tem uma bacia de contenção lá também. Eles diminuíram o volume para fazer a busca dentro desse tanque', disse.

O vereador Adailton acompanha as buscas ao irmão desde esta terça-feira. Ele contou ao Jornal Midiamax que Luiz é funcionário da usina há cerca de 25 anos. “Suspenderam as buscas por volta das 22 horas, porque começou a chover muito. Mas hoje, desde às 5h30 estou aqui', contou. O vereador ainda disse que é muito ligado ao irmão e toda a família está bastante apreensiva. “Meu irmão caçula', lamentou. Luiz tem dois filhos ainda pequenos.