Com pés amarrados, homem é morto depois de briga em fazenda

| ANA OSHIRO / CAMPO GRANDE NEWS


Evando em foto publicada nas redes sociais em janeiro de 2019 (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Evando Pereira de Lima, de 41 anos, foi morto na noite desta quarta-feira (9), depois de uma briga entre funcionários de uma fazenda, no distrito de Indubrasil, em Campo Grande. Adjexander da Rocha Monteiro, de 30 anos, foi preso em flagrante suspeito de ser o autor do crime.

A PM (Polícia Militar) foi acionada por volta das 21h10 para atender uma briga na Fazenda Palmeiras, onde uma pessoa teria sido lesionada possivelmente com arma de fogo. Ao chegarem no local, os policiais encontraram Evando caído no chão, de bruços, com os pés amarrados, todo ensaguentado e com ferimentos no rosto e cabeça. Ao lado dele estava Adjexander e mais um homem, de 24 anos.

Os dois disseram que a briga começou porque Evando foi até a casa de Adjexander, mas não deram detalhes do motivo da discussão. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas a vítima já estava sem vida. Os homens, junto com suas esposas, que estavam no local do crime, foram levados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, onde Adjexander acabou preso em flagrante por homicídio simples.

Um caibro, pedaço de madeira, que estava ao lado do corpo de Evando, pode ser a arma do crime e foi apreendido. Uma corda e um celular também foram apreendidos para serem analisados pela perícia.