Mãe e menina de 11 anos são mortas durante atentado em MS

| CAMPO GRANDE NEWS


Mulheres forma mortas a tiros e motivação pode ser religiosa. (Foto: Ponta Porã News)

Mãe e menina de 11 anos, que não tiveram a identidade revelada, foram mortas a tiros durante atentado na Aldeia Taquaperi, em Coronel Sapucaia, cidade a 380 km de Campo Grande. Uma outra adolescente, 12 anos, foi levada em estado grave para hospital em Dourados. As motivações do crime podem ser religiosas.

Segundo o delegado  Edgard Punsky, o atentado aconteceu por volta das 4 horas deste domingo (25). O pai das crianças foi o único que conseguiu fugir do local e se esconder, por isso não sofreu nenhum ferimento e está sendo ouvido na delegacia.

'Estamos com um pouco de dificuldade de ouvi-lo porque ele não fala nada de português, mas uma liderança indígena está nos ajudando e aparentemente o atentado pode ter motivações religiosas. Já identificamos alguns suspeitos e estamos fazendo diligências', explicou o titular da delegacia de Coronel Sapucaia.

Ao Campo Grande News, ele contou que em o pai das crianças, que também não teve a identidade revelada, afirmou ter uma briga com uma família de indígenas do Paraguai. Conforme o relato, os paraguaios acreditavam que as vítimas mexiam com magia negra e por isso praticaram o crime.

'Para eles essa questão é muito forte. Ainda não temos nada de concreto, mas a princípio a motivação seja religiosa sim. Mas só temos ele como testemunha e a menina que está em Dourados, em estado grave', disse Punsky.

Ainda não se sabe quantos disparos atingiram as vítimas e nem qual a arma usada. Polícia segue investigando o caso.