Reginaldo com apoio de todos os vereadores solicitam que seja inserido Glória de Dourados no programa de rebate nas operações de crédito rural.

Por Adauto Dias / diasms em 18/05/2022 às 11:31:23

Reginaldo Costa Borges - PSDB

O Vereador Reginaldo Costa Borges - PSDB, na sessão desta segunda-feira (16) da Câmara Municipal de Glória de Douardos MS, apresentou indicação também assinada pelos vereadores; Júlio Cleverton dos Santos (Buguelo) Antônio Carlos da Silva Vieira, Caio Gracia Souza, Claudia Regina Marangoni Bom, Carmo Felismino da Silva, Lucineia Marinho de Oliveira Nogueira, Milton Cesar Gomes, e Robson de Almeida Ornelas, destinada ao Deputado Federal pelo PSDB Humberto Rezende Pereira - Beto Pereira, bem como ao Jaime Elias Verruk, Secretário de Estado da SEMAGRO, Marcel Figueiredo, Superintendente do Banco do Brasil de Mato Grosso do Sul, com cópia ao Prefeito Aristeu Pereira Nantes, para que o município de Glória de Dourados seja inserido no programa de rebate, nas operações de crédito rural de custeio e investimento contratadas no âmbito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, a qual concedeu o rebate de mais de trinta e cinco por cento, sobre o valor das parcelas no período de 01/01/2022 a 31/07/2022.

Ressalta o vereador, "Uma vez que o Decreto Federal n. 11.029, de 1º de Abril de 2022, concedeu o referido benefício aos municípios atingidos e prejudicados pela seca ou estiagem no Estado de Mato Grosso do Sul e outros Estados, sendo um dos requisitos a decretação de emergência ou estado de calamidade pública. Nosso Estado decretou "Situação de Emergência" pelo prazo de 180 dias, publicado em 04/02/2022".

"Assim, nosso município encaixa nesta situação, haja vista a grande redução da quantidade de chuvas, principalmente entre os meses de abril e setembro de 2021. Destaca-se que no ano de 2021 as maiores concentrações pluviais ocorreram nos três primeiros meses e três últimos do ano. Não fosse isso, ocorreram fortes geadas entre os meses de junho e julho, o que trouxe enormes prejuízos aos nossos produtores". Concluiu o vereador.


Comunicar erro